sexta-feira, 21 de julho de 2017

Filhos da luz Ef 05: 08

Pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor. Andai como filhos da luz.



Quando somos chamados por Deus para uma nova realidade, passamos por uma metamorfose espiritual e moral; nosso ser é modificado pela ação do Espírito Santo de Deus, sim, deixamos de ser trevas, ou seja, pessoas sem a compreensão de  Deus e de sua graça, e passamos a ser pessoas esclarecidas e conscientes, da realidade do mundo espiritual e suas implicações, éramos trevas, e fomos transformados em luz, pelo poder restaurador de Deus (2 Co 05: 17).
      Quando éramos trevas, estávamos bem adaptados a este mundo, porém Ele nos resgatou (Cl 01: 13); e quando nos deparamos com a realidade deste mundo, a realidade que em outrora não conseguíamos ver, constatamos que, o mundo está dominado pelo maligno (1 Jo 05: 19). Então, como agora filhos da luz, não há mais como se encaixar neste mundo de trevas, somos verdadeiros forasteiros neste mundo mal (1 Pe 02: 11), nossa pátria não é mais aqui, somos agora cidadãos dos céus  (Fl 03: 17-21).
      Devemos andar como filhos da luz, isso implica a não nos igualarmos a este mundo (Rm 12: 02); devemos ser agentes influenciadores e não nos adequar a este mundo; somos livres das mentiras do mundo, pois conhecemos a verdade (Jo 08: 32), nem o mundo, nem as trevas têm mais poder sobre nós, assim devemos andar na contra mão dos valores deste mundo, nadar contra a corrente das mentiras do diabo, que influenciam as pessoas que ainda estão em trevas, e estarmos prontos a resgatar a quantos for possível das trevas deste mundo (2 Tm 04: 01-05).
      Assim, como filhos da luz, devemos andar como tais, para que o mundo veja nossas boas obras, e glorifiquem a Deus, um filho da luz, sempre deve brilhar (Mt 05: 16).

Pr Adriano Cunha

terça-feira, 4 de julho de 2017

Só Deus é Eterno Dt 33:27

O Deus eterno é a tua habitação, e teu apoio são os braços eternos. Ele expulsa o inimigo de diante de ti, e diz: Destrói-o.



Há muita confusão quanto o sentido de eternidade; compreender a eternidade não é simples, pois compreendê-la é como compreender a própria natureza divina. Nós como seres simples em relação ao divino, podemos apenas ter uma ideia breve sobre este assunto, mas  ao menos, podemos identificar o que é eterno e o que é imortal.
Deus: Deus é o único ser eterno, todas as demais criaturas, sejam do mundo espiritual ou material, foram criadas por ele (Cl 01: 16, 17).
      Por toda a bíblia vemos que a ideia da eternidade de Deus é bem natural, exemplos (Gn 21:33; Dt 33: 27; Sl 09: 07, 90: 02, 92: 08; Is 40: 28; Ef 03: 21; etc).Sendo assim, podemos afirmar que só Deus é Eterno; infelizmente muitos ministros despreparados têm ensinado que o homem é eterno, isso é uma afronta a Deus, para não dizer que é uma heresia, nem os homens, nem os anjos são eternos, todos foram criados por Deus em algum momento; todos os demais seres tiveram início, mas, Deus não, Ele sempre existiu.
      Os Anjos: Como vimos acima, todos os seres foram criados por Deus, inclusive os anjos, estes são espíritos imortais, seres incorpóreos, mas embora não terão fim, foram criados em algum momento. Mesmo Satanás fora criado em algum momento (Ez 28: 13); como vemos na passagem de Ezequiel 28, Satanás foi criado, o diabo não é eterno, ele é um espírito imortal, e naquele grande dia do julgamento final, será condenado ao fogo eterno, junto com aqueles que decidiram o seguir (Mt 25: 31-41).
      O Homem: O Homem possui duas naturezas, a material e a espiritual. somos carne e interagimos com o mundo físico, mas também somos espírito e interagimos com o mundo espiritual, todos os Homens são também um espírito imortal (Gn 02: 07), quando da morte de nosso corpo físico, nosso espírito segue a sua existência no plano espiritual, ou seja, na vida eterna (Ec 12: 07; Hb 09: 27); esta é uma boa notícia para aquele que segue a Deus, porém, para aqueles que o rejeitam é uma notícia terrível (Mt 25: 41; Ap 21: 07, 08).
       Vida Eterna: A vida eterna é uma linha contínua, em algum momento os anjos entraram nela e em algum momento nós entraremos também. A vida eterna é um termo da eternidade utilizado para denominar onde habitará o salvo, junto com Deus e seus santos anjos, os demais, sejam anjos, sejam Homens viveram na condenação eterna (Jo 05: 24).
      Assim amados, que possamos compreender a eternidade, mesmo que de uma maneira simplificada, pois todos estamos nos preparando para estarmos um dia no plano espiritual com Deus, vivendo para sempre, como diz em Mt 25: 34 "Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo".

Click aqui e veja o vídeo sobre este texto

Pr Adriano Cunha