sábado, 8 de dezembro de 2018

O Senhor é nosso Deus Ez 34: 31

Vós, ò ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto, homens sois, mas eu sou o vosso Deus, diz o Senhor Deus.


Sim, somos Homens, e somos falhos. Temos defeitos, e muitas vezes decepcionamos os outros, e a nós mesmos, mas, somos ovelhas do pasto do Senhor, ou seja, Deus cuida de nós, nos pastoreia. Mas, o que é ser ovelha do pasto do Senhor?
      Ovelha é obediente, submissa e mansa; ora, há crentes que não se encaixam nesta descrição, pelo contrário, são rebeldes e agressivos, verdadeiras feras.
      Muitos se intitulam ovelhas do Senhor, porém se portam como bodes, e querem ser cuidados por Deus, o Senhor não espera que sejamos perfeitos, mas, que como ovelhas, tenhamos atitudes dignas, para com Deus e nossos semelhantes.
      Somos Homens, mas o Senhor é nosso Deus, apesar de nossas falhas, o Senhor nos ama, e cuida de nós.
     Nunca estamos sóis, Ele sempre esta em nós, como o pastor não se aparta do seu rebanho, assim o Senhor não nos abandona. Assim, sim, somos Homens, mas, o Senhor é nosso Deus.

Pr Adriano Cunha

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Não lutamos com as armas da carne At 10: 03-05

Pois embora andando na carne, não militamos segundo a carne. As armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus, para destruição das fortalezas. Derrubamos raciocínios e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento à obediência de Cristo.


Aquele que se entende por discípulo de Cristo, não luta com as armas humanas, mas com as espirituais, pois a sua realidade não é a aparente, mas a sobrenatural.
      Pois nosso adversário, embora, use as pessoas contra nós, ele não é material, e sim um espírito enganador; quando usamos armas humanas e materiais contra o inimigo de nossas almas, sempre estaremos em desvantagem.
      Nossas armas devem ser as espirituais, o Espírito Santo nos equipa com tudo que necessitamos para vencer o mal. Não é o nosso intelecto que nos capacita, só o conhecimento de Deus; não é nossa dedicação que vai nos estruturar, só a graça de Deus; não é nossa santidade que vai bloquear a ação do mal contra nós, mas a misericórdia de Deus.
      Uma vida de oração, leitura da palavra, humildade e serviço ao próximo, fortalecerá o seu espírito.
      Compreendemos assim, que somos completamente dependentes de Deus, e nossas armas humanas são ineficazes contra o mundo espiritual.
      Então, se achegar a Deus, fazer a sua vontade, viver a palavra, é primordial.

Pr Adriano Cunha




segunda-feira, 5 de novembro de 2018

A herança dos ímpios Sl 09: 17

Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus.


O dia do Senhor está perto, e Ele não tomará o culpado por inocente. Quando vemos este mundo repleto de maldades, nos perguntamos: Deus não vê isso? Sim Ele vê, o Senhor nunca esteve indiferente ao mal, porém existe o tempo de Deus; o tempo da oportunidade e da misericórdia de Deus, e o tempo do juízo implacável do Eterno.
      Aquele que não se arrepender, responderá ao Senhor, a nação que não confessar o nome do Senhor, pagará a altura. A herança dos maus será o inferno, do mesmo modo a herança dos que são fieis ao Senhor, será o céu.
      Viver uma vida de santidade e verdade, pode parecer dura diante da conduta dos ímpios, mas, acredite, naquele grande dia, valerá cada lágrima, cada falta, cada injuria; pois o Senhor honrará os seus.
      A todo tempo, o inimigo das nossas almas tenta nos afastar de nossa herança, tenta nos induzir a colocar a graça de Deus na balança, mas, o preço não é maior do que a graça de Deus.
      Assim, o ímpio que não se arrepender, herdará o inferno, porém, para os santos, está destinado o céu.

Pr Adriano Cunha

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Sobre a sua cabeça Ob v 15

O dia do Senhor está perto, sobre todas as nações. Como tu fizeste, assim se fará contigo; a tua maldade cairá sobre a tua cabeça.


É muito errado acreditar que nossos atos não tem consequências, tudo o que fazemos ou não fazemos, nos é computado.
      Aquele que se omite é tão culpado quanto o que erra, pois Deus não vê com bons olhos o morno, o covarde e o que se omite (Ap  03: 15, 16); nós como crentes devemos ter posicionamento, não podemos ser meio barro, meio tijolo, ou é sim ou não.
     O dia do Senhor está perto, a hora do juízo, temos sido sinceros em nossos atos? Quanto a maldade, Deus não deixará ninguém impune, todos os maus serão condenados, suas maldades cairão sobre suas cabeças, tudo será cobrado.
      Assim, nossa atitude deve ser diferente a dos maus, a maldade, a omissão e a covardia devem estar longe de nossas vidas, para que o mau não recaia sobre as nossas cabeças.

Pr Adriano Cunha

sábado, 29 de setembro de 2018

Que armas você tem? Ex 14: 15,16

Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, estende a tua mão sobre o mar e divide-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.


Muitas vezes nos achamos desprovidos de armas para lutar. Despreparados, impotentes diante das situações, realmente há horas que parece que é o fim, mas, só acaba quando Deus determinar.
      Você é mais forte do que pensa! Não está desarmado, e sim, é muito capaz. Moisés estava entre o exército de faraó e o mar, e tinha como agravante a murmuração do povo. Há vezes que estamos cercados, e aqueles que deveriam nos ajudar só nos agridem com palavras, esta é a hora de olharmos para cima.
      Deus mostra a Moisés que ele tinha um cajado em suas mãos, o mesmo cajado que Ele usou para humilhar o Egito. Que armas você tem? O que Deus pode usar para mudar a sua situação? Todos têm algo que sabem usar, uma arma que manejam com destreza, qual é a sua?
      Quando estamos em uma situação terrível, parece não ter saída, mas, para Deus nada é impossível, geralmente a solução já está conosco, mas os agravantes não nos deixam enxergar, porém, quando buscamos ao Senhor, Ele abre a nossa visão.
      Assim, peque a sua arma, fortaleça a sua fé, resgate a sua esperança, Deus vai usar as suas armas para te dar vitória. Que armas você tem?

Pr Adriano Cunha

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Não tenha um coração perverso. Sl 101: 04

Longe de mim o coração perverso, não conhecerei o mal.


A violência está gritante, quando abrimos o jornal ou ligamos nossa televisão, logo somos impactados com toda sorte de atrocidades, roubos, assassinatos, trafico de drogas, estupros e muito mais, a verdadeira face do mal.
      Todas estas coisas vêm à nos incitar a ira, fatos que buscam perverter nosso coração. Mas, devemos compreender que quando nosso coração e nossa alma se tornam perversos, Deus se afasta de nós.
      Satanás trabalha incansavelmente em prol da destruição da nossa vida, fazendo até que indaguemos a justiça de Deus, com perguntas como esta: Deus não vê isso? Amados, sim, Deus vê, e não tem o culpado por inocente, certamente o fim dos maus é terrível, nesta vida e na eternidade; não se engane, Deus está no controle.
      Devemos manter nosso coração em Deus, mesmo convivendo em uma geração perversa, ter a consciência que somos cidadãos do céu, nossos valores são diferentes, somos filhos de Deus.
      Todos os dias devemos cultivar a graça de Cristo em nosso coração; não sendo conformados com o mal, mas crendo que Deus e não nós, é o justo juiz, Ele é o executor da justiça, Ele age na hora certa. Não tenhamos um coração perverso, confiemos em Deus.

Pr Adriano Cunha
     

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

É tempo de buscar o Senhor Os 10:12

Semeai para vós em justiça, ceifai o fruto do constante amor, e lavrai o campo de lavoura, porque é tempo de buscar ao Senhor, até que venha e chova a justiça sobre vós.


É tempo de buscar ao Senhor, sim, é necessário focar em buscar a Deus, pois esta deve ser nossa prioridade, mas, infelizmente, vemos crentes focando outras coisas.
      Os dias são maus, e devemos deixar as coisas fúteis de lado e empregar nossos esforços em buscar um relacionamento mais íntimo com Deus.
      Estamos nos envolvendo cada vez mais com nossa vida secular, ora, quem é crente, deve ter como prioridade a vida espiritual, pois somos antes de mais nada,  cidadãos do céu, e quem tem o céu como alvo, não deve se deter em negócios desta vida.
      Viver uma vida de intimidade com Deus, é busca-lo à todo tempo, ou seja, ter uma vida de oração, e de meditação na palavra. Sem viver a palavra é impossível ter comunhão com Deus.
      Assim, buscar um relacionamento com Deus, é primordial, então, busque ao Senhor, busque ao Senhor.

Pr Adriano Cunha